fechar× Entre em contato (71) 3565-5583/ Whatsapp (71) 98193 4241

O Fator Mindset

No ambiente dos negócios, muito se fala sobre mindset. Essa se transformou em uma das palavras mais utilizadas no universo do empreendedorismo. Mindset pode ser traduzido por mentalidade ou programação mental, que é o conjunto de pensamentos e crenças existentes dentro de nossa mente. Essas crenças são determinantes sobre como nos sentimos e nos comportamos.

Tais crenças são definidas por nossas experiências do passado - o que vivenciamos, vimos e ouvimos - e tomamos como verdade. Nossos resultados dependem, quase que exclusivamente, da nossa maneira de pensar. Se nós temos objetivos que desejamos conquistar, precisamos ter uma maneira apropriada de pensar para estes objetivos.

AS DUAS FACES DO MINDSET

Segundo Carol Dweck, professora e pesquisadora da Universidade de Stanford e autora do livro “Mindset: a nova psicologia do sucesso”, existem dois tipos de mindset:

• Fixo: Pessoas com habilidades e características que são inatas e constantes que acreditam que seu nível de inteligência e moral determina o que elas são ou não capazes de fazer.

• Crescente (ou progressivo): Pessoas que veem suas qualidades como habilidades que podem ser desenvolvidas, de acordo com sua dedicação e esforço com potencial desconhecido.

A relação entre o mindset crescente e uma liderança efetiva deve ser debatida. E, se você não se identifica com a ideia de mindset, a boa notícia é que é possível modificar o seu para atingí-lo. Pesquisas da professora Dweck indicam que identificar pensamentos de uma mentalidade fixa e substituí-los por pensamentos de uma mentalidade crescente faz com que você desenvolva motivação e confiança para buscar os objetivos que você deseja.

COMO MUDAR

Para Dweck, o mindset mostra o nosso modo otimista ou pessimista de enxergar diversas situações da vida e de como se portar diante delas. Embora eu tenha conhecido profissionais brilhantes com ambos os tipos, aqueles líderes que mais se destacavam não só pela performance, mas também pela liderança, tinham mindset crescente. Estes líderes não só acreditavam em suas habilidades, como também sabiam que podiam desenvolver outros talentos desde que se dedicassem para isso. Mentalidade vencedora deve ser encarada como um pré-requisito para uma liderança moderna, além da crença na transformação.

Um dos líderes que marcou minha carreira tinha um mindset crescente. Tornou-se um mentor naturalmente já que não percebia o que estava ensinando. Na maioria das vezes, seu comportamento habitual era suficiente para o rico aprendizado. Se nós temos objetivos que desejamos conquistar, precisamos ter uma maneira apropriada de pensar para estes objetivos.

Foram aulas práticas sobre converter um mindset fixo em crescente. Ele me ensinou a usar o mindset para transformar uma dificuldade em oportunidade. Temos condições de nos tornarmos líderes de nós mesmos, ou seja, termos a possibilidade real de controlar os nossos pensamentos e atitudes em nosso dia a dia em busca de crescimento e realização em nossa vida.

Aprendi a encarar minhas falhas como oportunidades de aprendizado, e não como comprovações das minhas supostas [in]capacidades. Isto fortaleceu cada vez mais minha autoconfiança. Desenvolva o hábito de ter um mindset crescente para potencializar seus resultados!


Ricardo Santos é administrador de empresas com MBA em Gestão, com mais de 20 anos de experiência no segmento de TI/Telecom. Leia a revista

Carregando...