fechar× Entre em contato (71) 3565-5583/ Whatsapp (71) 98193 4241

Programa Green IT destina adequadamente mais de 137 toneladas de sucata

Entre abril de 2018 e março deste ano, o Programa Green IT da Furukawa recebeu 137.367 quilos (137,3 toneladas) de sucata de cabos eletrônicos e telefônicos. Graças a esse programa, que está completando 12 anos, o material descartado por dezenas de empresas teve destinação adequada, o que contribuiu para reduzir o uso de recursos não renováveis, o consumo de energia e, principalmente, para a preservação ambiental e da saúde das pessoas.
 

Os 137.367 quilos de sucata recebidos representam 68.684 quilos de materiais que deixaram de ser lançados no meio ambiente, onde demoram a se decompor - no caso do PVC contido nos cabos, o processo pode levar de 200 a 600 anos.


Isso equivale a uma redução na extração de minério de cobre de mais de 13 mil toneladas (precisamente 13.049.865 quilos). A redução do consumo de energia elétrica, nesse período, foi da ordem de 1.313.229 kWh, suficientes para abastecer 8.755 residências durante um mês.
 
Criado em agosto de 2007, o Programa Green IT consiste na permuta de sobras de cabos de telecomunicações e de energia, de qualquer fabricante, por cabos novos da marca Furukawa. A sucata é encaminhada para tratamento e reciclagem, transformando-se em matéria-prima para outras indústrias. Já as empresas que aderem ao programa recebem uma bonificação, por meio de um cheque verde (no valor do peso real do material enviado) que pode ser trocado por produtos Furukawa. Recebem também um certificado de participação no programa, que atesta seu compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente. 

Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO)

O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), por exemplo, recebeu em março seu certificado de participação no Programa Green IT, pelo envio de 837 quilos de materiais de rede que sobraram de um incêndio ocorrido no ano anterior. De acordo com o certificado emitido pela Furukawa, isso evitou que 419 quilos de materiais contaminados fossem depositados em aterros industriais e permitiu uma redução de 79.537 quilos na extração de minério de cobre, além de propiciar uma economia de energia de 8.004 kWh - suficiente para abastecer 53 residências por um mês.  Leia a revista

Carregando...