fechar× Entre em contato (71) 3565-5583/ Whatsapp (71) 98193 4241

A onda das Edtechs

Andar pelas ruas de outro país, explorar uma floresta tropical ou programar robôs: um mundo de possibilidades, está, agora, a um clique. Formado por aplicativos, cursos online e plataformas inovadoras, este novo cenário se deve em boa parte à atuação das Edtechs (Education + Technology). São chamadas assim as empresas da área de tecnologia que desenvolvem ferramentas focadas no segmento educacional.

A onda tecnológica educacional chegou ao Brasil e já se instalou em 26 estados e no Distrito Federal. Em 2017, foram mapeadas 364 edtechs no Brasil, de acordo com o Mapeamento Edtech, da Associação Brasileira de Startups (abstartups) em conjunto com o Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB). Apesar de a maior concentração ser ainda nos grandes centros, como São Paulo, que lidera a concentração de startups com 43% do total. Para se ter ideia da disparidade, a região Nordeste inteira, aparece na pesquisa com somente 11,27% das Edtechs. O levantamento delimitou ainda a área de atuação mais comum das empresas: 47% delas atuam com projetos voltados à educação básica, ou seja, ensino fundamental e médio.

Veja a pesquisa completa no site da CIEB ou clicando no link http://bit.ly/Edtechs
  Leia a revista
Redação, 17.FEVEREIRO.2019 | Postado em Startup

Carregando...